Dicas para memória

Além de exercitar seu cérebro, existem algumas coisas básicas que você pode fazer para melhorar a sua capacidade de reter e recuperar memórias:

1. Preste atenção.

Você não pode se lembrar de algo que você nunca aprendeu. A própria palavara aprender deriva de apreender, captar. Ou seja, é preciso que você capture uma informação estando focado nela, atento.

Leva cerca de oito segundos de foco para processar uma peça de informação através do hipocampo e do centro de memória apropriado. Portanto, não faça várias atividades ao mesmo tempo quando você precisa se concentrar! Se você distrai-se facilmente, tente capturar informações em um lugar calmo, onde você não será interrompido.

2. Personalize aquisição de informações para o seu estilo de aprendizagem.

A maioria das pessoas são aprendizes visuais, eles aprendem melhor lendo ou vendo. Mas alguns são aprendizes auditivos, que aprendem melhor ouvindo. Eles podem beneficiar-se de gravações eletrônicas de informações e ouvi-las até que se lembre.

3. Envolva o maior número possível de sentidos.

Mesmo se você é um aprendiz visual, ler em voz alta estimula ainda mais a memória. Relacionar as informações com cores, texturas, cheiros e sabores também potencializa a memória. O ato físico de reescrever a informação pode ajudar a imprimi-la em seu cérebro, principalmente quando você está resumindo, comentando ou interpretando a informação. Isto cria conexões com outras redes de memória, solidificando a nova informação adquirida.

4. Relacione informações novas com as que você já sabe.

Conectar dados novos de informação com outros já consolidados. Uma matéria de estudo nova pode acrescentar ou até contrapor-se a uma outra já aprendida, procure lembrar-se das diferenças e semelhanças.

5. Organize a informação.

Faça sublinhados, anotações, comentários e pequenos resumos do que está aprendendo. Distribua as informações em categorias, como por exemplo, conjunto de resumos sobre Direito Civil ou sobre um sub-tópico específico.

6. Compreenda e seja capaz de interpretar um material complexo.

Antes de aprender detalhes sobre um assunto complexo, comece lendo um resumo geral ou uma fonte de informação mais leiga. Desta forma você será capaz de interpretar e explicar o conjunto, para em seguida encaixar os detalhes de informações mais complexos. Se você não sabe do que se trata um assunto geral, não será capaz de captar os detalhes em sua memória.

7. Revise informações freqüentemente e super aprenda

Analise o que você aprendeu no mesmo dia. Para isto, use sublinhados e anotações rápidas que você produziu durante o dia. .

8. Esteja motivado e mantenha uma atitude positiva.

A informação a ser gravada precisa ter um propósito, um significado. Não basta querer aprender para passar em uma prova ou concurso. Em vez disto, sua atitude deve ser voltada ao conhecimento a ser adquirido para completar esta missão maior.

Por exemplo, se você está estudando Direito Civil, seu foco deve ser concentrar-se em um subtópico: “Quero aprender tudo sobre divórcio litigioso, com objetivo de acertar pelo menos 90% das questões de provas e simulados sobre este assunto”. E assim por diante.

Diga que você conseguirá aprender e lembrar. Ficar repetindo que sua memória é ruim ou que você não aprende prejudica a habilidade do cérebro de lembrar, enquanto feedback positivo mental configura uma expectativa de sucesso.

3 thoughts on “Dicas para memória

  1. gostaria de saber se memogen é bom para a memoria ? sei que ele contem lecitina de soja ,e eu já tomo a lecitina de soja; devo continuar tomando o memogen ,ou somente a lecitina?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>